banner top

Log in

Atualizado 11:26 AM UTC, Nov 18, 2019

SOLIDARIEDADE COM A ESCOLA RAUL BRASIL MINUTO DE SILÊNCIO – UM ATO SIMBÓLICO DE CIDADANIA

Solidariedade com a Escola Raul Brasil – Minuto de silêncio – um ato de cidadania

Tal como o previamente anunciado, hoje, dia 18 de março, a comunidade Educativa do nosso Agrupamento, fez um minutos de silêncio visando homenagear as vítimas dos funestos acontecimentos ocorridos na passada quarta-feira, dia 15. Antes desse momento, aluna Bárbara declamou o poema “Ode à Paz”, de Natália Correia, e seguidamente, acompanhada à viola pelo professor João Carvalho, cantou o poema “Cantata da Paz”, de Sophia de Mello Breyner Andresen. Terminamos este ato de cidadania ativa, com 1 minuto de silêncio pelas vítimas deste massacre. Vemos, ouvimos e lemos 
Não podemos ignorar! 

 

WP 20190318 10 30 42 Rich 1

 Para poder visualizar o vídeo CLIQUE AQUI  

Ode à Paz 

Pela verdade, pelo riso, pela luz, pela beleza, 
Pelas aves que voam no olhar de uma criança, 
Pela limpeza do vento, pelos actos de pureza, 
Pela alegria, pelo vinho, pela música, pela dança, 
Pela branda melodia do rumor dos regatos, Pelo fulgor do estio, pelo azul do claro dia, 
Pelas flores que esmaltam os campos, pelo sossego dos pastos, 
Pela exactidão das rosas, pela Sabedoria, 
Pelas pérolas que gotejam dos olhos dos amantes, 
Pelos prodígios que são verdadeiros nos sonhos, 
Pelo amor, pela liberdade, pelas coisas radiantes, 
Pelos aromas maduros de suaves outonos, 
Pela futura manhã dos grandes transparentes, 
Pelas entranhas maternas e fecundas da terra, 
Pelas lágrimas das mães a quem nuvens sangrentas 
Arrebatam os filhos para a torpeza da guerra, 
Eu te conjuro ó paz, eu te invoco ó benigna, 
Ó Santa, ó talismã contra a indústria feroz. 
Com tuas mãos que abatem as bandeiras da ira, 
Com o teu esconjuro da bomba e do algoz, 
Abre as portas da História, 

deixa passar a Vida! Natália Correia, in "Inéditos (1985/1990)" 

Cantata de paz

 

Vemos, ouvimos e lemos 
Não podemos ignorar 
Vemos, ouvimos e lemos 
Não podemos ignorar Vemos, ouvimos e lemos 
Relatórios da fome 
O caminho da injustiça 
A linguagem do terror A bomba de Hiroshima 
Vergonha de nós todos 
Reduziu a cinzas 
A carne das crianças DÁfrica e Vietname 
Sobe a lamentação 
Dos povos destruídos 
Dos povos destroçados Nada pode apagar 
O concerto dos gritos 
O nosso tempo é 
Pecado organizado

Sophia de Mello Breyner Andresen

 

Deixe um comentário

Certifique-se que coloca as informações (*) requerido onde indicado. Código HTML não é permitido.

7°C

Viana do Castelo

Principalmente Limpo

Humidade: 93%

Vento: 8.05 km/h

  • 03 Jan 2019 12°C 5°C
  • 04 Jan 2019 13°C 5°C

banner bottom2

Este site utiliza cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao prosseguir pressupomos que aceita a sua utilização.